Ecopista do Vale do Vouga
  • Ecopista do Vale do Vouga Foto 1
  • Ecopista do Vale do Vouga Foto 2
  • Ecopista do Vale do Vouga Foto 3
  • Ecopista do Vale do Vouga Foto 4
  • Ecopista do Vale do Vouga Foto 5
  • Ecopista do Vale do Vouga Foto 6
  • Ecopista do Vale do Vouga Foto 7
  • Ecopista do Vale do Vouga Foto 8
  • Ecopista do Vale do Vouga Foto 9
  • Ecopista do Vale do Vouga Foto 10
Trajeto
Sernada do Vouga a Viseu
Extensão Potencial
68,659 km
Extensão
24,423 km

Esta Ecopista segue o traçado do antigo Ramal de Viseu (ex-Linha do Vale do Vouga) com os únicos troços em funcionamento inseridos nos concelhos de Viseu e de Sever do Vouga. Neste, tem o seu início próximo da foz do Rio Mau, ao km 66,450 e termina em Fontelas, ao km 76,902, numa extensão de 10,452 km.

Este percurso atravessa cinco túneis e uma ponte centenária inserida na Ecopista, a Ponte do Poço de Santiago, ponte monumental que é um símbolo de identidade de toda a região e ex-líbris do município de Sever do Vouga. Considerada uma das mais altas pontes em alvenaria de pedra de Portugal, atinge 28,5 metros de altura e é composta por onze arcos de volta perfeita que suportam um tabuleiro com 165 metros. Com um vão de 55 metros, o arco maior alcança toda a largura do leito do rio.

Ao passar por esta ponte, abre-se diante de nós um espetáculo deslumbrante, embora a sua altura possa fazer tremer os mais suscetíveis a vertigens. Atreva-se!

O Vale do Rio Vouga, com as suas paisagens espetaculares, marca esta Ecopista que se desenvolve entre zonas florestais e agrícolas muito caracterizadas pelos laranjais.

Junto à antiga Estação de Paradela, local muito bem conservado, ergue-se a Fábrica de Massas do Vouga, ostentando ainda um estilo da revolução industrial.

Boa Viagem!