A Estação Ferroviária de Mirandela foi construída em 1887

2019-09-30

A Infraestruturas de Portugal (IP) e a Câmara Municipal de Mirandela assinaram um contrato de comodato que prevê que a antiga Estação Ferroviária de Mirandela e os terrenos adjacentes passem para a alçada da autarquia durante 50 anos.

Este contrato prevê que a Câmara realize obras de requalificação em todo o edificado no prazo máximo de três anos, num valor que se estima em cerca de dois milhões de euros.

Carlos Fernandes, Vice-presidente da IP, após a assinatura do contrato, concluiu: “Saliento o enorme empenho por parte das três entidades envolvidas no processo, a Câmara de Mirandela, a IP e a CP, com o objetivo de a Câmara requalificar estes ativos para usufruto da população”.

Júlia Rodrigues, Presidente da Câmara, prosseguiu: “Foram ultrapassadas todas as questões jurídicas, nomeadamente em relação aos terrenos da antiga central de camionagem, que será reabilitada, assim como o Nó de acesso à Reginorde”…” ficamos com a possibilidade de fazer uma obra estruturante para a cidade, para o concelho e para a região”… “aquele imóvel tornar-se-á numa casa de artes e cultura e integrar toda a zona envolvente num corredor verde”.