IP Património assina três contratos de subconcessão com a Câmara da Trofa

2020-01-21

No passado dia 10 de janeiro a IP Património e a Câmara Municipal da Trofa celebraram três contratos de subconcessão de uso privativo, dois referentes a terrenos e outro de parte de um edifício. A chancela permitirá à autarquia uma gestão direta destes espaços, em benefício dos munícipes.

Enquanto concessionária da exploração de bens do domínio público ferroviário, a IP Património tem por missão obter dos mesmos a maior utilidade, nomeadamente em relação a imóveis que não estão a ser usados na exploração ferroviária.

Com esta subconcessão dos três imóveis, a autarquia da Trofa pretende:

  • Criar um novo parque de estacionamento em terreno adjacente à Estação da Trofa, com 1.752 m2 e que é necessário devido à crescente afluência de utilizadores deste espaço ferroviário, oriundos de diferentes concelhos. Este parque de estacionamento, não tarifado, terá cerca de 60 lugares e serviços de apoio aos modos suaves de mobilidade, designadamente, estacionamento de bicicletas, trotinetes e bicicletas urbanas da Trofa; 
  • Instalar uma área de lazer com a construção de um parque infantil no Apeadeiro da Portela, na freguesia de Covelas, num terreno do Domínio Público Ferroviário com 525 m2;
  • Requalificar e utilizar parte do Edifício de Passageiros da Estação de São Romão, com uma área de 170 m2, para instalação de serviços do município para atendimento ao público.

Os contratos agora celebrados entre a autarquia e a IP Património, representada pelo Presidente do Conselho de Administração Carlos Fernandes e pelo Vogal Nuno Neves, significam, segundo o presidente da edilidade Sérgio Humberto, um investimento “com um objetivo comum: a melhoria da qualidade de vida dos trofenses”.