Inaugurado mais um troço da Ecopista do Tâmega

Foi inaugurado no dia 19 de Maio mais um troço da Ecopista do Tâmega. Com cerca de 21 km, trata-se do terceiro troço de ecopista mais extenso a nível nacional, com passagem pelas estações de Codeçoso, Lourido, Celorico de Basto, Veade (Mondim de Basto) e Canedo.

A intervenção realizada teve por objectivo adaptar a plataforma ferroviária transformando-a numa ciclovia/via pedonal, uma ecopista que proporciona um percurso confortável e seguro, permitindo a prática desportiva ou o simples passeio, e dando a conhecer vistas de extraordinária beleza sobre o rio Tâmega.
[[{"fid":"600","view_mode":"wysiwyg","fields":{"format":"wysiwyg","field_text_file_title[und][0][value]":"foto12","filename_field[pt-pt][0][value]":"foto12","field_file_image_alt_text[und][0][value]":"foto12","field_file_image_title_text[und][0][value]":"foto12"},"type":"media","link_text":null,"attributes":{"alt":"foto12","title":"foto12","class":"colorbox media-element file-wysiwyg"}}]]

O ramal da Linha do Tâmega entre Amarante e Arco do Baúlhe foi desativado em 1 de janeiro de 1990, tendo a REFER e as autarquias de Amarante, Celorico de Basto e Cabeceiras de Basto assinado, em 2007, um protocolo com vista à construção da Ecopista do Tâmega.

Um primeiro troço da ecopista, com 10 km de extensão, foi inaugurado em 30 de abril de 2011, entre as estações de Amarante e Chapa, com passagem por Gatão.

[[{"fid":"601","view_mode":"wysiwyg","fields":{"format":"wysiwyg","field_text_file_title[und][0][value]":"foto13","filename_field[pt-pt][0][value]":"foto13","field_file_image_alt_text[und][0][value]":"foto13","field_file_image_title_text[und][0][value]":"foto13"},"type":"media","link_text":null,"attributes":{"alt":"foto13","title":"foto13","class":"colorbox media-element file-wysiwyg"}}]]
Ver mais informações