Património ferroviário na Estação de Caminha

2018-02-01

No âmbito do projeto “140 anos do comboio em Caminha & os azulejos de estação de Gilberto Renda”, a Infraestruturas de Portugal (IP) participou, no dia 25 de janeiro, numa palestra sobre património ferroviário – com enfoque especial no Alto Minho e na Estação de Caminha, recentemente alvo de uma operação de restauro da sua cerâmica de azulejo – especialmente dirigida aos alunos do 11º C e 12º B do Agrupamento de Escolas Sidónio Pais, envolvidos naquele projeto.

Foram oradores os técnicos Pedro Almeida (Dir. Gestão da Rede Ferroviária da IP – Centro Operacional de Manutenção Norte – Edificações), que abordou o tema “Estações Ferroviárias – Património Cerâmico - Orientações teórico práticas sobre conservação e restauro” (apresentação em anexo) e Paula Azevedo (IPP – Património Histórico e Cultural) que interveio sobre “Estações Ferroviárias – Espaço, Tempo, Arquitetura”.

Nos próximos dias 20 e 21 de abril realiza-se, em Caminha, o colóquio “140 anos do comboio em Caminha & os azulejos de estação de Gilberto Renda”.